Páginas

Os Benefícios da Melancia para a Saúde

Melancias são constituídas principalmente de água - cerca de 92% - mas esta fruta refrescante é cheia de nutrientes. Cada mordida suculenta tem quantidades significativas de vitaminas A, B6 e C, licopeno, antioxidantes e aminoácidos. Até mesmo uma pequena quantidade de potássio. Além disso, é livre de gordura, tem um teor muito baixo de sódio e apenas 40 calorias por xícara.

A melancia e seus benefícios para a saúde


Cientistas descobriram os altos níveis de licopeno da melancia - cerca de 15 a 20 miligramas por xícara, um dos mais altos níveis em comparação com qualquer outro tipo de fruta. O licopeno é um fitonutriente, que quando absorvido pelo organismo, ajuda a impedir e reparar os danos às células causados pelos radicais livres. É também o pigmento vermelho que dá à melancia, tomates, toranjas vermelhas e goiabas sua cor.

O licopeno tem sido associado à saúde do coração, à saúde dos ossos e prevenção do câncer de próstata. É também um poderoso antioxidante que apresenta propriedades anti-inflamatórias.

Melancia e a saúde do coração


Os altos níveis de licopeno da melancia são muito eficazes na proteção das células contra danos e pode ajudar a diminuir o risco de doenças cardíacas, segundo um estudo da Universidade de Purdue. Além disso, as concentrações de citrulina e arginina na fruta são boas para o coração. A arginina pode ajudar a melhorar o fluxo de sangue e reduzir a acumulação de gordura. Um estudo descobriu que extratos de melancia ajudaram a reduzir a hipertensão e reduzir a pressão arterial em adultos obesos.

As propriedades anti-inflamatórias da melancia


O licopeno na melancia faz com que seja uma fruta com propriedades anti-inflamatórias. O licopeno é um inibidor para vários processos inflamatórios e também funciona como um antioxidante que neutraliza os radicais livres. Além disso, a melancia contém colina, que ajuda a diminuir inflamações crônicas, de acordo com um artigo de 2006.

Reduzir inflamações não é apenas bom para as pessoas que sofrem de artrite. Quando você está doente, você tem o dano celular, que pode ser causado por uma variedade de fatores, incluindo estresse, tabagismo e poluição. É a chamada "inflamação sistêmica". Desta forma, os alimentos anti-inflamatórios podem ajudar com a imunidade geral e da saúde em geral.

Hidratação


As melancias são o exemplo perfeito de um alimento que pode ajudar a manter-se hidratado. O seu teor de água ajuda o corpo se manter hidratado e seu suco é cheio de bons eletrólitos. Tudo isso pode até mesmo ajudar a evitar a insolação.

Auxílio da melancia na digestão


A melancia contém fibras, o que estimula um sistema digestivo saudável e ajuda a mantê-lo regular.

Benefícios para a pele e cabelo


A vitamina A é ótima para a pele, e apenas uma xícara de melancia contém cerca de um quarto de sua ingestão diária recomendada. A vitamina A ajuda a manter a pele e cabelo hidratados, e também incentiva o crescimento saudável de novas células de colágeno e elastina. A vitamina C é também benéfica a este respeito, uma vez que promove o crescimento saudável de colágeno.

Diminuição da dor e fadiga muscular


Atletas amantes da melancia estão com sorte: beber suco de melancia antes de um treino intenso ajuda a reduzir a dor muscular e a freqüência cardíaca, de acordo com um estudo de 2013. Isto pode ser atribuído aos aminoácidos citrulina e arginina da melancia, que ajudam a melhorar a circulação.

Melancia e a prevenção do câncer


Como outras frutas e legumes, melancias podem ser úteis para reduzir o risco de câncer por meio de suas propriedades antioxidantes. O licopeno em particular, ajuda a reduzir a proliferação de células cancerígenas na próstata.


Benefícios da Melancia Benefícios da Melancia








Riscos para a saúde


Se consumidas em quantidades razoáveis, melancias não fazem mal. Porém, se você comer uma abundante quantidade da fruta por dia, você pode ter problemas com o excesso de licopeno ou potássio.

O consumo de mais de 30 miligramas de licopeno por dia poderia potencialmente causar náuseas, diarreia, indigestão e flatulência.

Pessoas com hipercalemia não devem consumir mais do que cerca de uma xícara de melancia por dia, que tem menos de 140 miligramas de potássio. A hipercalemia pode resultar em batimentos cardíacos irregulares e outros problemas cardiovasculares.

Como é relativamente alto o teor de açúcar da melancia, os seus amantes devem estar atentos com a sua ingestão.

Curiosidades sobre as melancias


- A melancia pertence à família das curcubitaceae (a mesma do melão, da abóbora e do pepino).

- A melancia provavelmente teve sua origem no deserto de Kalahari, na África.

- Egípcios colocavam melancias nas tumbas de reis para nutri-los após a morte. A colheita de melancia é retratada em hieróglifos egípcios de cerca de 5.000 anos atrás.

- Existem cerca de 300 variedades de melancias, mas apenas cerca de 50 são muito populares.

- Todas as partes de uma melancia pode ser comidas, mesmo a casca.


Nenhum comentário:

Deixe sua opinião!